Habilidades pessoais: O que são e como desenvolvê-las

Habilidades pessoais: O que são e como desenvolvê-las

Habilidades pessoais são aquelas que aumentam a inteligência emocional. Também chamadas de soft skills, transversais ou socioemocionais, visam o desenvolvimento de determinados valores e traços que promovem a comunicação e o relacionamento eficaz de uma pessoa com os que a rodeiam.

Aprenda o que são habilidades pessoais neste artigo produzido pela GLT Serviços.

O que são e o que são habilidades pessoais?

O que são e o que são habilidades pessoais
O que são e o que são habilidades pessoais

As chamadas “soft skills” são aqueles atributos ou características de uma pessoa que lhe permitem interagir com outras pessoas de forma eficaz, que geralmente se concentra no trabalho, em determinados aspectos dele ou mesmo na vida diária.

Eles não são apenas um ingrediente particular, mas são o resultado de uma combinação de habilidades sociais, comunicação, forma de ser, abordagem aos outros e outros fatores que tornam uma pessoa a se relacionar e se comunicar de maneira eficaz com outras.

Habilidades leves estão relacionadas ao que é conhecido como inteligência emocional; O relacionamento e a comunicação eficazes são afetados principalmente pela capacidade de conhecer e gerenciar emoções, tanto em nós mesmos quanto nos outros.

Você também pode usar o termo habilidades sociais, transversais ou habilidades socioemocionais para agrupar essas habilidades em uma pessoa.

A primeira coisa que quero esclarecer para você é que não existe uma lista oficial de “soft skills”.

Essas competências não são totalmente bem definidas. Para algumas pessoas ou empresas, algumas são habilidades sociais e, para outras, não.

10 tipos de habilidades pessoais

10 tipos de habilidades pessoais
10 tipos de habilidades pessoais

A lista que apresento a seguir foi extraída de um estudo de uma Universidade Federal com as 10 habilidades sociais mais exigidas.

Comunicação

A capacidade de falar com outras pessoas e escrever. Falar em público e fazer apresentações também estão incluídos aqui. Resume todas as competências necessárias para poder interagir com clientes, fornecedores, colegas, colaboradores, chefias e o público em geral.

Cortesia

Quando dizemos que as “soft skills” sempre existiram, este é um exemplo. Aqui podemos reunir boas maneiras, como dizer olá, apertar as mãos, dizer obrigado e pedir permissão. Ou seja, saber lidar com os outros de maneira cortês.

Flexibilidade

É a capacidade de se adaptar às mudanças. Não ter um olhar pessimista quando o contexto é alterado. Esteja disposto a mudar a forma como você trabalha e aprenda com autonomia para se adaptar.

Integridade

Nesta habilidade, os valores pessoais e a ética profissional se unem. A honestidade é a chave aqui. Mais uma vez, podemos dizer que é uma daquelas coisas que nos ensinam em casa desde pequenos.

Habilidades interpessoais

Esses tipos de competências têm a ver com entrar em contato com os outros de um ponto de vista mais humano. Ter paciência, desenvolver empatia e ter um bom senso de humor são exemplos válidos. Orientar os recém chegados também é uma habilidade interpessoal.

Atitude positiva

Por experiência pessoal, sempre que atitudes positivas no trabalho são consideradas boas, não posso deixar de concordar.

No entanto, eu vejo o contrário. O importante não é tanto ser positivo, mas não ser negativo. Pode parecer o mesmo, mas, na verdade, o que mais prejudica uma pessoa em sua carreira profissional é ser profundamente pessimista.

A atitude positiva se manifesta na empolgação com o futuro e na confiança nas tarefas realizadas, assim como nas previsões precisas feitas.

Profissionalismo

Este ponto está ligado à imagem que projetamos. Em parte, é composto de aspectos superficiais, como limpeza e roupas.

Responsabilidade

A responsabilidade manifesta-se com pontualidade, seja em reunião ou nos prazos de entrega. A disciplina, o trabalho consciente é algo super importante.

Trabalho em equipe

Nada mais nada menos do que cooperar com os colegas para atingir objetivos que não conseguiríamos sozinhos.

Habilidades como ajudar os outros, negociar, transigir e concordar são enquadradas aqui.

Ética de trabalho

A ética, mas aplicada ao trabalho. Trabalhe com consciência, seja pró-ativo e esteja disposto e comprometido com o trabalho a ser realizado.

Por que aprender habilidades sociais?

Por que aprender habilidades sociais
Por que aprender habilidades sociais

Até certo ponto, essas habilidades podem ser vistas como complementares às habilidades difíceis.

O importante sobre um cirurgião é que ele saiba como operar; de um engenheiro que sabe matemática; de um cozinheiro, que sabe cozinhar, essas são as chamadas habilidades difíceis.

Para poder entrar em uma área de especialização é verdade que é necessário ter essas habilidades.

No entanto, de acordo com um estudo da Universidade de Harvard em conjunto com a Carnegie Foundation e o Stanford Research Center, as habilidades sociais geram 85% de sucesso na carreira, enquanto as habilidades duras apenas 15%.

Isso significa que desenvolver habilidades pessoais é mais importante para ter sucesso no trabalho do que habilidades difíceis.

E isso faz muito sentido. Você não conhece pessoas que são brilhantes em suas áreas de especialização, mas ainda assim não conseguem?

Pode ser porque não sabem construir sua carreira, ou porque não têm capacidade de socialização, ou porque não sabem trabalhar em equipe.

Portanto, é muito importante desenvolver essas habilidades.

Embora eu já tenha lhe dado uma ideia sobre o que são, vamos agora dar uma olhada mais de perto nos tipos de habilidades sociais que existem.

Como desenvolver habilidades pessoais?

Como desenvolver habilidades pessoais
Como desenvolver habilidades pessoais

Sem dúvida, habilidades leves podem ser desenvolvidas, embora provavelmente algumas já tenham nascido com uma vantagem.

Basta ver no dia a dia na universidade ou nos ambientes de negócios.

Pela minha experiência pessoal, posso dizer que os tenho desenvolvido ao longo da minha carreira. Ter um emprego ajudou muito mais do que estudar na universidade.

E deixe-me dizer a você, quanto mais desfavorecido eu estava, mais eu desenvolvia essas habilidades pessoais.

Se você acha que não tem essas habilidades, recomendo que consiga um emprego em uma pequena empresa. Estar exposto a muitas situações o forçará a desenvolver esses tipos de habilidades sociais.

Se, por outro lado, você se protege em uma posição permanente em uma empresa muito grande, encontrará segurança e conforto, mas não poderá desenvolvê-los.

Por que desenvolver habilidades pessoais?

Por que desenvolver habilidades pessoais
Por que desenvolver habilidades pessoais

Existem duas razões principais para se preocupar com o desenvolvimento de habilidades sociais:

Eles o aproximam do sucesso. Como mencionei antes, a chave do sucesso profissional não passa pela qualificação técnica, que é necessária, mas não garante nada.

Por outro lado, um bom repertório de “soft skills” pode aproximar você do sucesso profissional.

As empresas estão procurando candidatos com habilidades sociais. Cada vez mais empresas procuram incorporar funcionários que desenvolveram essas habilidades.

Hoje é algo a que atribuem grande importância. Basta olhar para os anúncios em redes como o Linkedin.

Habilidades pessoais no ambiente de trabalho

Habilidades pessoais no ambiente de trabalho
Habilidades pessoais no ambiente de trabalho

Aprender a desenvolver habilidades pessoais no trabalho é essencial para alcançar o crescimento profissional ideal e apropriado.

É importante ter em mente que, embora as “soft skills” não façam parte da formação acadêmica, graças à evolução e novos conhecimentos das ferramentas da psicologia do trabalho, as “soft skills” tornaram-se um fator fundamental para melhor desenvolver a nós mesmos como profissionais dentro de uma empresa e uma equipe.

Também são conhecidas popularmente como “soft skills” e são habilidades interpessoais que são exercidas no trato e no relacionamento com outras pessoas, fazendo parte da inteligência emocional de cada pessoa.

Existem muitos fatores pessoais ligados às competências pessoais que não podem faltar no seu currículo, tais como trabalho em equipe, gestão do tempo, resolução de problemas, liderança, comunicação etc.

Em resumo…

Mesmo com um bom domínio das “hard skills” ou “hard skills”, as “soft skills” são a melhor forma de alcançar o sucesso profissional.

Se você sente que não tem essas habilidades, não se preocupe porque você pode desenvolvê-las e a melhor maneira é trabalhando e interagindo com as pessoas.